segunda-feira, 25 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 16

Voltei.
Voltei à rotina.
Trabalho de sobra.
Estarei de partida em breve.
Até lá....
Fiquem bem :)

sábado, 23 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 15

Montréal.
A minha Montréal.
Como é possível gostar-se tanto de uma cidade.
Como é possível sentir-me em casa a 5500 km da minha verdadeira casa.
Já me deram uma explicação metafísica para a minha ligação a esta cidade
Mas eu não sei. Não tenho explicação.
Não me canso de cá vir.
Não me farto de aqui estar.
Todas as fotos que tiro nunca são demais.
Volto hoje para Lisboa.
Regresso em Setembro.

Downtown
Downtown
Saint-Chaterine
Downtown
A minha imagem de marca de Montréal - o "Farol"
Plateau Mont-Royal
Plateau Mont-Royal
Plateau Mont-Royal
Downtown
Vieux Port
Downtown
Downtown

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 14

Conseguimos.
Apesar dos -6ºC e da neve que caiu todo o dia, hoje houve avião e conseguimos regressar.
Ontem não tinha havido e estava apreensivo.
No entanto...está feito. Back in Montréal.
Tanta coisa para fazer e amanhã regresso a Lisboa.
Tenho de ver (rever) toda a cidade, compras, visitar os locais da praxe, comer nos locais "sagrados". Vai ser uma luta contra o tempo.
A viagem correu bem e tivemos de parar em Kuujjuarapik para a segurança. Sim segurança. Não me apetece explicar e na verdade ainda não percebi muito bem.
Curiosamente em Kuujjuarapik estava nublado mas com sol. Já não o via (o sol) tipo...11 dias. E Kuujjuarapk fica só a 160km a sul de Umiujaq.
E adivinhem quem veio no avião?
A Rosa a angolana. E adivinhem o que a minha colega fez na viagem de 4 horas?
Falar com a simpática (mesmo muito) da Rosa.
A menina veio ao médico e assim fica cá uma semana.
Algumas fotos do regresso.

Deixando o Árctico
Blá blá blá blá blá.... :p
Lá em cima
Chegar a Montréal

quinta-feira, 21 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 13

Hoje o tempo nem bom nem mau.
-13ºC.
Neve. Continua tudo branco.
Se tudo correr bem será o meu último dia em Umiujaq.
Ná prática como o tempo que se prevê para hoje é o mesmo que para amanhã, se houver avião hoje, haverá amanhã.
Veremos.
Começamos no entanto a recolher as últimas amostras e as sondas que estão no terreno.
Entretanto conheci ontem uma angolana (a Rosa) que está a viver neste fim de mundo com o marido canadiano (o Patrick) que é enfermeiro.
Ontem no supermercado vimos um mulher de raça negra as compras com um canadiano. Como falava normalmente em português com a metralha o tipo ouviu e foi dizer a outra.
Fomos surpreendidos com o grito do tipo...há tanto tempo que não ouvia falar português, nem falava português.
E falou, falou, falou.. Como a colega metralha também gosta de falar gerou-se ali um diálogo dificil de pôr fim.
Eu não diria que os portugueses estão por todo o lado mas que os povos de lingua portuguesa estão por todo o lado..estão pois!!!.
Viva a  CPLP.


quarta-feira, 20 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 12

Update

São 15:05H. Lá fora estão -15ºC
E neva e neva....

.............

Ontem foi terrivel e hoje estamos a sofrer as consequências.
Praticamente tudo parado e na rua os camiões a fazerem a limpeza da neve acumulada.
Ontem, ao final da tarde, ainda tive de sair com o Martin para a estação metereológica para trazer as sondas pois com o  tempo que estava podiam sofrer danos.
Acreditem nunca estivem numa situação assim.
Quase levantar voo e um frio cortante. Queimava mesmo.
Temos a cara um bocadinho tipo esquimó com aquele bronze do frio.
Hoje estão -17ºC mas embora com menos vento ainda está dificil andar na rua.
Como ainda há muito trabalho de laboratório é por lá que ficamos.
Eu e a metralha vamos fazer carbonara para a refeição do grupo.
Veremos os próximos dias.
Entretanto já vejo a minha Montréal cada vez mais perto :).

Estavamos assim ontem
A estação quando chegamos
A estação ontem
A entrada do Lab.
A entrada do hotel com o nosso carro

terça-feira, 19 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 11

Hoje dia de ócio.
Tempestade brutal.
Lá fora estão -23ºC.
Nem se pode sair de casa.
Um indivuduo que veio do sul e que costuma vir aqui trabalhar diz que nunca viu uma tempestade como esta.
Enfim é como estamos.
Não vai dar para fazer saídas de campo mas tenho trabalho de laboratório.
Entretanto vou tentar ir mais cedo para Montréal. O tempo não vai melhorar e não podemos correr o risco de perder o voo de sábado para Lisboa.
Quando vou? Não sei.
Assim que o tempo o permita.

video

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 10

Como já é normal hoje o tempo melhorou.
É dia sim dia não.
Apesar dos -12ºC de miníma até esteve agradável e sem vento.
Como o nosso trabalho não depende do tempo cumprimos as nossas tarefas como planeado.
Hoje falo de comida.
O ano passado em Kuujjuarapik tinhamos cozinheira. Aqui é tudo por nossa conta.
As compras, o cozinhar o tratar da loiça suja.
No aspecto compras este local remoto já está muito americanizado. Pizzas, hamburgueres e comida pré-cozinhada abundam a potes. E por isso não se pode dizer que se tenham refeições muito saudáveis.
Os vegetais e a fruta não abundam e, claro, depedem da chegada dos aviões. Nos ultimos três dias não houve voos devido ao tempo.
Eu e a minha colega tentamos comer o melhor possivel mas é complicado.
Ela tentou mesmo ligar-nos a nossa doçaria tradicional sem grande sucesso :).
O pão-de-ló não cresceu e o açucar que compramos não era o correcto. Fez-se doce de ovos para salvar a honra do convento. Mas o que é certo é se comeu todo.
Ontem foi o pudim. Ingredientes certos mas sem recipiente adequado. Levou 6 horas a ficar aceitável em lume brando. E o resultado pode ver-se em baixo. :)
Enfim, fome não se passa mas come-se muita porcaria :).
Hoje a Hanna, a encarregada do hotel fez pão inuit para nos oferecer para almoçar.
Muito bom e a mim parece-me fartura. Só falta enrolar em açucar e canela.
É realmente um povo muito simpático.

O Supermercado Co-op
O Pudim (e até estava bom)
Hanna com o pão inuit

domingo, 17 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 9

Ai. (Olá)
Qanuikiit? (Como estão?)
Qiujanartuq. (Está frio)
E está mesmo. Hoje está a cair uma tempestade de neve.
Não dá para fazer muito. 
Mas pelo menos ir ao rio colher amostras e tratar de as processar no laboratório isso tem de ser feito.
E eu que queria dar uma volta por aqui e falar com os inuits.
Enfim, projecto adiado.
Entretanto tenho falado com alguns inuits. São pessoas fantásticas.
Tinha uma ideia deles de Kuujjuarapik e agora tenho outra.
O que eles suportam aqui neste isolamento e com este clima. Têm de ser duros e compactos.
Daí serem pequenos e com esta cor de pele.
Vale a pena conhecê-los.

Isto hoje está assim...
Os jovens caçadores
Os miudos
O idosos
O meu amigo :)

Entretanto podem ir acompanhando a outra vertente desta aventura aqui.

sábado, 16 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 8

Hoje o tempo voltou a melhorar. Melhorar embora tenha ficado na máxima dos -5ºC.
Pelo menos não havia vento e o sol ainda espreitou. Já não o via há uma semana.
Partimos logo de manhã para uns lagos que andamos a estudar que aqui em Umiujaq ficam a cerca de 6 km.
Lá fomos de skidoo que é sempre uma aventura. E digo...passei por sitios lindos de morrer. O árctico de deserto gelado não tem mesmo nada.
Já no ano passado quando fomos a estes lagos em Kuujjuarapik foi onde vi as paisagens mais espectaculares e agora repetiu-se.
Entretanto amanhã é domingo e é dia de folga. Vou aproveitar para andar pela vila e falar com os inuits que são muito simpáticos. Entretanto também, já adoptei um cão que quando me vê não me larga. Só quer festas. É um espectaculo
Para os curiosos...o pão-de-ló não estava mal mas em vez de açucar normal comprou-se açucar glacé e a modos que o bolo ficou assim como que para o pouco doce. Não faz mal..já não há :). 
E amanhã há pudim :p. Veremos veremos. A esperança é a ultima a morrer.

Entretanto podem ir acompanhando a outra vertente desta aventura aqui.

Lago próximo
Casa no lago com canoas
Pequeno bosque num vale
A caminho
O meu novo amigo

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 7

Mais um dia.
Voltou tudo a mudar.
Hoje -16ºC e um vento descomunal.
Neve caiu sem parar e com o vento não se vê nada.
Claro que fomos logo para o campo para fazer amostragem na nevinha acabada de cair.
Com o caraças. Nunca tive tanto frio. As minhas mão gelavam como nunca as senti. Doíam mesmo e tínhamos de ter umas luvas fininhas por causa dos problemas de contaminação.
Enfim. That's the arctic.
Hoje a metralha vai fazer um pão-de-ló. Veremos.
Deixo-vos fotos do "hotel".

 
O corredor de entrada
A cozinha
A sala
O quartito (topem o modem na janela)
Casa de banho

quinta-feira, 14 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 6

Hoje o dia amanheceu chuvoso e com uma temperatura de +8ºC.
Sim +8ºC.
Todo o gelo e neve começaram a derreter o que para nós foi grave pois não estavamos a contar com temperaturas altas tão cedo e como tal andamos numa lufa-lufa a arranjar o material para sair a tarde em amostragem.
De manhã ainda deu para tentar ir às compras...tentar....pois o avião com mantimentos ainda não tinha chegado e passar pela escola. Que bem equipada que ela está. Põe de lado muitas das nossas.
Hoje ficam imagens do trabalho que se faz por aqui :).

Saindo
Gelo de lago
Tentando chegar à água
Recolhendo neve

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Season 6 - Episódio 5

Hoje sobre uma temperatura de -10ºC e mais o vento começamos o trabalho.
Foi duro devido as condições metereológicas mas gratificante em observar o ambiente que nos rodeia.
Isto é mesmo a ideia que temos do Árctico....ou pelo menos que eu tenho. Sem árvores, montes, vales, planícies cobertas de neve. Não existem árvores. A vegetação rasteira começa a ver-se onde a neve começou a derreter. No entanto, como tem nevado ainda não se vê muita.
Estivemos a fazer amostragem em dois lagos, num rio e na baía de Hudson.
Pequeno acidente no rio pois quando passavamos com o skidoo e trenó (por sinal o meu) o gelo abateu e fomos com os pés á agua. Pezinhos molhados com um frio deste não é muito agradavél. Mas tivemos que aguentar. Algumas fotos do dia de hoje. só paisagem :).