segunda-feira, 29 de junho de 2009

De Guiyang para Pequim

De Guiyang para Pequim são 2:40H de avião.
Novamente Air China, novamente a mesma comida, novamente o avião à pinha.
Chegados a Pequim, comboio para a cidade, hotel, sair para passear um pouco e jantar.
Decidimos ir à zona comercial. Eu já lá tinha estado o ano passado e queria lá voltar para fazer umas compras. Assim foi. Fui novamente à loja de desporto comprar umas coisas, de seguida jantar no KFC (junk food mas soube mesmo bem), café no Starbuck e saída imediata para o mercado nocturno da comida.
Sim aquele onde eu no ano passado comi os vermes.
Os meus colegas queriam provar qualquer coisa mais exótica.
Eu como andava enjoado com os cheiros e já tinha tido a minha dose com os vermes decidi estar quieto enquanto eles se deliciavam com uns crocantes escorpiões. E não fizeram cara feia :).
Só vendo mesmo.

Aeroporto de Guiyang
Zona Comercial - Pequim
Idem
Idem
Idem mas à noite
Idem
O mercado nocurno da comida
Espetadas de Grilos
Idem mas de Escorpiões

sexta-feira, 26 de junho de 2009

China - O dia-a-dia

Gosto de rostos.
Gosto de observar o dia-a-dia.
Gostava de ter máquina melhor para melhor captar as expressões.








quinta-feira, 25 de junho de 2009

Guiyang #5

Na última noite de conferência houve o banquete e um espectaculo.
O banquete foi mesmo muito bom e como conseguiram não tornar a comida muito picante foi agradável provar os pratos tipicos da provincía de Guizhou. Havia de tudo e, claro, metade das coisas ninguém sabia o que era. Uns pratos mais saborosos outros menos. Haviam mesmo umas laranjas recheadas com não sei o quê que eram espantosas. Depois peixes, carnes, massas, arroz, vinha tudo em barda. Ficamos a abarrotar. E a simpatia dos empregados era contagiante. Depois a nossa mesa com canadianos (por sinal um colega meu do instituto do Canadá), americanos, noruegueses e chineses (estão por todo o lado) tornou o repasto divertido e internacional.
Seguiu-se o espectaculo com canções tradicionais, música tradicional, dança, recitar de poemas e até a um grupo de rock chinês tivemos direito - surreal - . E o pessoal lá se divertia. Noite bem passada.

As laranjas

O Peixe

A nossa mesa
Uma "nativa" vestida a rigor
A laranja com um não me lembro o quê
Música
E mais música
E mais música
E poemas

O grupo de Rock


quarta-feira, 24 de junho de 2009

Guiyang #4

Numa das noites, por sinal chovia a potes, houve um espectáculo para entreter os participantes.
Danças e cantares, acrobatas e um pouco de ópera chinesa (género ópera de Pequim).
Tudo feito assim muito à mão mas de boa vontade e até correu bem.
Até havia um apresentador e uma apresentadora vestidos a rigor e que iam apresentando o espectaculo em chinês e falavam naturalmente como se toda a gente estivesse a perceber o que eles diziam. Lá mais para o meio decidiram finalmente colocar um interprete.
Foi giro...mas os miúdos acrobatas foram 5 estrelas.
Embora com algumas gralhas pelo meio foram eles que colocaram o teatro ao rubro. Impressionante.
E assim se passou mais uma noite em Guiyang.

A apresentadora e...o intérprete
Danças e cantares...
Acrobatas
O final
video
...
video
.....
video
Os miúdos acrobatas - fabuloso

terça-feira, 23 de junho de 2009

Guiyang #3

Nestes congressos (ICMGP) a parte da tarde de 4ª feira é sempre dedicada a visitas a diferentes locais das redondezas.
Na última edição nos EUA tinha dado um passeio de canoa pelos rios de Wisconsin e terminado com um american barbecue.
Em Guiyang decidi ir à Tianhetan Pool.
Basicamente é um parque natural nos arredores da cidade rodeado de campos de arroz e que possui um grande número de grutas.
O cenário é muito muito bonito mesmo e em algumas das grutas entra-se de barco a remos. O senão destas grutas é estarem excessivamente iluminadas por luzes de todas a cores, a um ponto que chega a ser ridiculo.
Estão a ver as lojas do chineses no Natal? É isso mesmo.
Deu a tarde de quarta-feira 10 para descomprimir e apesar da chuva que caia intensamente desfrutar de uma paisagem de cortar a respiração.


Espaço envolvente
Idem
Idem
Idem
Idem
Idem


Idem
Idem


Os barcos
Entrada nas grutas
Interior da gruta
Idem
Idem
Idem
A iluminação interior...e esta não era a pior

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Guiyang #2

Guiyang é a capital da provincia de Guizhou, umas das mais pobres da China. No entanto tem acompanhado o bloom económico chinês e isso pode observar-se em toda a cidade. O significado de Guiyang é a sul das montanhas e na verdade a cidade encontra-se rodeada de montanhas. Isto proporciona um clima bastante húmido e chuvoso. Um guia durante a visita de 4ª a tarde explicava que toda a provincia é assim....95% da Guizhou são montanhas e os outros 5% são colinas. Apesar de ser uma cidade recente ainda se pode ver marcas de pobreza em muitos locais. No entanto é uma cidade bastante agradável.

No ultimo dia do congresso, tiramos a tarde para passear pela cidade e a zona junto ao rio Nanming (um dos afluentes do grande Yangtzé) é mesmo muito simpática. Com uma casa de chá situada numa ponte do meio do rio, foi paragem obrigatória para saborear um delicioso (e caro) chá de jasmim). Mal sabiamos nós que na outra margem uma casa de chá muito mais espectacular nos aguardava. Rodeada de jardins e com música ambiente tinha sido muito mais agrádavel tomar o chá ali. Mas pronto, ficou a visita.

O jantar desse dia foi excelente. Deliramos quando vimos uma casa de hamburgueres. O senão era que o pão...não era pão. Era arroz e desfazia-se todo. Mas era excelente.



A Guiyang moderna

Idem

Idem
Com as lojas típicas


Mas sempre em expansão


Junto ao Rio


Junto ao rio à noite


Casa de Chá


Entrada


Ponte onde está a casa de chá

Chá de Jasmin

Outra casa de chá


Jardim interior

Buda



Sempre com música ambiente


Pormenor de janela